Sulpetro - Home

Notícias

Vice-presidente do Sulpetro recebe Prêmio Coopetrol na categoria Regional
02-09-2013

Francisco Cyrillo da Costa atua junto à revenda de combustíveis há 18 anos. Já foi diretor dos postos de bandeira branca do Sulpetro e, atualmente, é vice-presidente do Sindicato. Ele será agraciado com o Prêmio Coopetrol, categoria Regional, durante o XVI Congresso Nacional de Revendedores de Combustíveis e o XV Congresso de Revendedores de Combustíveis do Mercosul, que acontece de 26 a 29 de setembro, em Gramado.

Proprietário do Posto Combest com seu sócio Breno Maurer Zaffari, bandeira Petrobras, localizado em Porto Alegre, Cyrillo da Costa planeja a implantação de uma nova revenda em Canela. A escolha da cidade tem motivos pessoais também, já que a família do empresário mora no município. O vice-presidente se inseriu no setor de combustíveis após se afastar do cargo de gerente de Recursos Humanos da empresa Banrisul Processamento de Dados. “Os valores eram bem atrativos para os funcionários saírem. Fiz uma proposta para um colega para comprarmos um posto. Chamamos um outro interessado e compramos uma revenda na avenida Teresópolis”, recorda.

Por meio de um convite de um amigo, associou-se ao Sulpetro. “Eu me aproximei do Sindicato para encontrar uma solução no sentido de melhorar o dia a dia da revenda”, diz Cyrillo. Nas últimas eleições para a diretoria, o revendedor conversou com o presidente Adão Oliveira, participou na montagem de chapa dos candidatos e assumiu o cargo de vice-presidente. “A partir disso, começamos a mudar alguns pontos dentro da entidade, começamos a entender mais a necessidade de promover ações para o revendedor”, explica. As eleições ocorreram em janeiro de 2010, com mandato até 2014.

De acordo com ele, a capacidade de argumentação que desenvolveu, convencimento e o grande conhecimento e contato com os agentes do setor auxiliam no desempenho das funções de empresário e vice-presidente. “Os índices do Sindicato atestam que somos um dos melhores do Brasil pela estrutura e relacionamento que mantemos. Pelo segmento, é muito parecido com o restante do País. Pode ser que aqui nós temos menos dificuldades do que em outros estados, mas isso se deve à mobilização da categoria. Acredito que se os revendedores fossem ainda mais mobilizados, poderiam ter um mercado muito mais saudável”, projeta.

O homenageado é pai de Ana Luísa, 4 anos, e de Willian, 21 anos, e é casado com Ana Paula Franzen há 9 anos.




Compartilhar