Sulpetro - Home

Notícias

Elevação do percentual de biodiesel pode influenciar no custo do óleo diesel B
03-11-2014

A Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes – Fecombustíveis informa que a elevação de 6% para 7% no teor de mistura do biodiesel ao diesel, a partir de 1º de novembro, poderá, eventualmente, influenciar no custo do óleo diesel B no país. Esse impacto decorre do fato de o preço do biodiesel ser mais alto do que o do diesel A.

No 39º Leilão Regular de Biodiesel, realizado pela ANP em outubro para suprir o mercado nos meses de novembro e dezembro de 2014, o valor do litro do biocombustível aumentou em relação aos valores pagos nos leilões anteriores, segundo dados divulgados pela ANP, disponíveis para acesso público em www.anp.gov.br.

Todo diesel rodoviário no Brasil precisa, obrigatoriamente, conter biodiesel. De acordo com a Lei 13.033/2014, o governo estabeleceu percentual mínimo obrigatório em 6% a partir de 1º de julho de 2014; e de 7%, a partir de 1º de novembro deste ano.

A Fecombustíveis ressalta que o mercado é livre e competitivo em todos os segmentos, cabendo a cada distribuidora e posto revendedor decidir se irá repassar ou não ao consumidor eventuais aumentos de custos, bem como em qual percentual, de acordo com suas estruturas de custos e políticas de atuação no mercado.

Entendemos, no entanto, ser imprescindível manter a sociedade e os revendedores informados sobre as expressivas variações de preço nas etapas anteriores da cadeia de abastecimento para que a revenda varejista, face mais visível do mercado e que lida diretamente com o consumidor e que rotineiramente é procurada pela imprensa, Procons e outros órgãos para explicar aumentos de preços, não seja, injustamente, acusada por eventuais alterações no preço ocorridas em outras etapas de comercialização.




Compartilhar