Sulpetro - Home

Notícias

Entrega do Prêmio Coopetrol finaliza Congresso de Revendedores
29-09-2015

O encerramento do 18º Congresso Nacional e Latino-Americano de Revendedores de Combustíveis ocorreu de forma festiva, com o Jantar de Confraternização e a entrega do Prêmio Coopetrol, na noite de 26 de setembro, em Gramado. A homenagem é concedida àqueles que representantes do setor ou agentes públicos que se destacam por atuar em defesa do segmento varejista de combustíveis.

“Foram 20 anos atuando como revendedor de combustíveis, dos quais 17 anos foram sindicalizados”, recordou o ex-vice-presidente do Sulpetro, Marcelo Louzada, ao ser agraciado com o troféu na categoria Regional. Emocionado ao receber a distinção, ele confessou já sentir saudades das reuniões de diretoria do Sindicato e destacou a idealização e criação do primeiro MBA em Gestão do Varejo de Combustíveis do País. “A vida sindical é como um sacerdócio, em que dedicamos parte do nosso tempo deixando nossas empresas, em prol do desenvolvimento do setor”, disse. Louzada afirmou ainda que nada era mais gratificante do que encerrar o ciclo como revendedor recebendo o Prêmio Coopetrol.

O destaque Nacional foi para o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, que revelou ter aprendido a respeitar a ramificação do setor de combustíveis. “Se o Brasil trabalha e anda, transporta carga, passageiros e produz riquezas, é devido à presença dos revendedores, que estão em todos os locais permitindo essa logística fantástica”, elogiou. O político também relembrou um dos momentos culminantes da Capital gaúcha ao longo de sua história, que foi sediar jogos de futebol da Copa do Mundo de 2014. “Essa não foi uma realização da Prefeitura, mas de parceiros com quem conseguimos potencializar a Copa, por meio de Points (Pontos de Orientação e Informação Turística) instalados nos postos de combustíveis. Por isso, recebo o Prêmio em nome de todos os cidadãos de Porto Alegre”, frisou.

Na categoria Internacional, o homenageado foi o mexicano José Angel García Elizondo, presidente da Organização Nacional de Varejistas de Petróleo (Onexpo). Ele destacou o momento histórico pelo qual passa o México, com a promulgação da Reforma Energética, encerrando um regime de monopólio de mais de 70 anos, por meio da empresa Pemex. “A Reforma envolve a abertura do mercado de petróleo, permitindo, ao longo de um período de três anos, a entrada de marcas, de combustíveis importados e a liberação do preço da gasolina e do diesel”, contou. Criado dentro de um posto onde aprendeu a caminhar e a andar de bicicleta, Elizondo dedicou a distinção ao pai, José Angel García Hernández — que compareceu ao evento —, com quem ele e a irmã integram o Conselho Diretivo do Grupo Garel.

Após as homenagens, a festa prosseguiu com show e baile animado pela Banda Dublê.  




Compartilhar