Sulpetro - Home

Notícias

Sulpetro expõe insegurança do segmento
06-04-2016

A frequência de assaltos a postos de combustíveis do Rio Grande do Sul, com a ocorrência de agressões e até mesmo a morte de funcionários e empresários do setor, foi destacada pelo presidente do Sulpetro, Adão Oliveira, durante reunião, na manhã desta quarta-feira (6), no Centro Integrado de Comando e Controle do Estado, na Secretaria Estadual de Segurança Pública, em Porto Alegre. Conforme o dirigente sindical, desde o início de 2015 até o mês de março deste ano, tanto proprietários de postos como colaboradores têm se mostrado apreensivos diante da possibilidade de sofreram algum ato de violência durante o expediente de trabalho. “Temos que dar uma basta nesta situação. Regularmente, municiamos a Brigada Militar e a Polícia Civil com relatórios das ocorrências”, disse Oliveira.

Ele também salientou que não é somente o RS que se encontra nesta situação. “São 34 sindicatos espalhados pelo País, representando o segmento varejista de combustíveis, e que têm enfrentado o mesmo problema”, alertou. O presidente do Sulpetro relembrou também a força-tarefa desenvolvida, há alguns anos, entre as autoridades do Estado e o Sindicato para debater e reduzir os índices de assaltos a postos. “Temos que trabalhar em conjunto para que o governo estadual possa tomar as providências necessárias”, disse.

O secretário estadual da Segurança Pública, Wantuir Jacini, afirmou que o objetivo dos encontros, como o realizado hoje, é trazer toda a sociedade civil organizada para buscar soluções para diminuir os índices de violência no RS. “Trabalhamos com os recursos existentes. Os ideais dependem do equilíbrio econômico-financeiro do governo”, frisou.

Também participaram do evento o secretário estadual da Educação, Vieira da Cunha; o comandante-geral da Brigada Militar, coronel Alfeu Freitas; o chefe de Polícia do RS, delegado Emerson Wendt; representantes do Tribunal de Justiça do RS, Detran, Susepe, entre outros.

As reuniões no Centro Integrado de Comando e Controle do Estado, na Capital, acontecem sempre na primeira quarta-feira do mês. O próximo evento está agendado para o dia 4 de maio.




Compartilhar