Sulpetro - Home

Notícias

Revendedores se reúnem em Rio Grande e Pelotas
27-05-2013

O Sulpetro promoveu reunião de revendedores de combustíveis nos dias 23 de 24 de maio, nas cidades de Rio Grande e Pelotas, respectivamente. O encontro visou repassar informações aos empresários sobre legislações do setor, remediação ambiental e o cenário de investimentos do governo nas regiões. O presidente Adão Oliveira recepcionou os associados e ressaltou a importância do encontro para a reciclagem das informações.

O diretor-executivo do Sulpetro, Luís Antônio Steglich Costa falou, entre outros temas, sobre o check-list, que ajuda as revendas a conferir pontos da legislação a serem cumpridos, e incentivou que os participantes auxiliem na atualização do formulário. O engenheiro químico do Serviço de Emergência da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), Renato Zucchetti, apresentou a nova técnica de remediação ambiental, chamada de oxidação química. Mais rápida e barata, é recomendada pela Fundação desde maio do ano passado.

“Ela consiste em agregar produtos químicos que reajam com a gasolina ou diesel e os desmanche. Aqui no Estado, usamos o peróxido de hidrogênio, ou água oxigenada. A reação química produz CO2 mais água, produtos naturais do meio ambiente”, explica o engenheiro químico. O processo físico, utilizado anteriormente, demora até 10 anos para apresentar resultados. Com o novo modelo, é possível verificar descontaminação em seis meses. De acordo com Zucchetti, o momento mais adequado para a aplicação da técnica é quando houver a troca de tanque no posto.

Investimentos - O encontro também contou com a participação do vice-governador, Beto Grill, que palestrou sobre os investimentos que o Rio Grande do Sul e o Brasil irão receber nos próximos meses. Segundo ele, no setor de óleo e gás, o Brasil deve aplicar R$ 354 bilhões até 2015. A Petrobras pretende investir US$ 236,2 bilhões até 2017 em projetos de desenvolvimento.

Para Rio Grande e Pelotas, as perspectivas são de “ampliação do estaleiro EBR, com nova rodada de licitações da Petrobras; construção de heliponto no aeroporto de Pelotas e investimento no novo Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Petrobras em parceria com a FURG”, afirmou Grill.




Compartilhar